SINDICATO DOS GUARDAS CIVIS METROPOLITANOS DE SÃO PAULO

Notícias

publicado em 09/03/2018
ERRO OPERACIONAL NO REMANEJAMENTO DE MOTORISTAS PARA A REGIÃO CENTRAL CAUSA DESGASTE NO EFETIVO
Uma ordem de serviço foi emitida pela Superintendência de Operações recentemente (O.S. 0437/SOP/2018), prevendo o empréstimo de dezenas de policiais da Guarda Civil Metropolitana que estão lotados nas Inspetorias nas regiões periféricas para o Comando Operacional Centro, para exercer a atividade de motorista de viatura nas Inspetorias da região central, durante o período de 30 dias.

Ocorre que o planejamento deste remanejamento de efetivo deixou a desejar. Em primeiro momento, há de se registrar que não existe na Prefeitura de São Paulo o instituto do "empréstimo" de servidores, de forma que estes atos são feitos sem embasamento jurídico; em segundo momento, houveram dois problemas de ordem operacional: 1. enviaram motorista com a CNH vencendo no mesmo dia em que foi apresentado; 2. Os motoristas estão exercendo a função de encarregado de viatura ou outras funções diversas (o que é um absurdo, se considerarmos que a GCM possui hoje 1629 policiais no Nível II da carreira, que devem exercer a atribuição de supervisão).

Com estes erros procedimentais, os policiais recebem uma informação, mas são empenhados em outra atividade, diversa da anteriormente informada. Isso gera desgaste emocional no policial, que sente-se enganado e desenvolve desmotivação.

E fica a pergunta: PORQUE FALTA MOTORISTA NA GUARDA CIVIL METROPOLITANA? SERÁ QUE O CFSU NÃO ESTÁ CREDENCIANDO? OU A GRATIFICAÇÃO DE MOTORISTA NÃO É ATRATIVA?

Já passou da hora do governo rever esta Gratificação de Motorista. O Sindguardas-SP reivindica alteração no valor e forma de pagamento desde a Gestão Haddad. Ao nosso ver, as principais alterações são:

1. Diminuir para 2 dias a quantidade de dias em exercício da atividade necessários para o pagamento;
2. Excluir a Gratificação de Motorista do rol de vencimentos que compõem o piso salarial (Lei 16080/14);
3. Alterar o valor da Gratificação de Motorista para 80% do padrão de referência QTG1A, que equivale a R$ 604,00.

O Sindguardas-SP oficiará o Comando Geral da Guarda Civil Metropolitana, requerendo providências para corrigir estes erros operacionais.

 
SINDGUARDAS-SP, HÁ 25 ANOS TRABALHANDO PARA VOCÊ!

Comentários

Mais Notícias

Onde Estamos
Rua Xavier de Toledo - 84 - 2º Andar - São Paulo | Telefones: 11 3231 - 0330 / 3231.4902 | Próximo ao metro Anhangabaú

Logo Infosind