SINDICATO DOS GUARDAS CIVIS METROPOLITANOS DE SÃO PAULO
Visitantes On-line
18
Total de Visitas
1786361

Central de Atendimento (11) 3231-0330

Notícias

publicado em 08/08/2018
CONTRADIÇÃO BRUNO COVAS: POLICIAL DA GCM ENTREGA COBERTOR PARA MORADORES DE RUA E NÃO TEM BLUSA DE FRIO PARA USAR

O Governo do Prefeito Bruno Covas faz, corretamente diga-se, uma campanha de auxílio aos moradores de rua durante as noites de frio, chamada Operação Inverno, onde entrega cobertores e oferece vagas em abrigo. A contradição se mostra porque parte do efetivo da Guarda Civil Metropolitana já trabalha há 6 meses sem receber agasalho e enfrenta o inverno sem essa importante peça de uniforme.

A Diretoria do Sindguardas-SP tem cobrado há meses o fornecimento de uniforme e principalmente blusas de frio ao efetivo da GCM, em especial aos policiais recém-formados, que estão atuando em sua maioria na região da Nova-Luz.

Ocorre que o Secretário Adjunto, que deveria trazer a resposta sobre essa importante demanda da corporação, não compareceu à reunião de mesa com o sindicato e não mandou nenhuma resposta concreta ou previsão de fornecimento, ou seja, não há qualquer previsão de entrega de blusas de frio para os policiais da Guarda Civil Metropolitana. Pode ser que as blusas de frio cheguem no verão, assim como o protetor solar chega no inverno e falta no verão.

O Comandante da Guarda Civil Metropolitana Carlos Alexandre Braga também não compareceu à reunião e não enviou as respostas que ficaram em aberto da mesa anterior. Isso demonstra a preocupação que ele tem para com o efetivo que passa frio no serviço operacional. A política do Comando Geral é autorizar o uso de sobretudo e o policial que tire dinheiro do bolso para comprar!

Pior ainda: como se não bastasse deixar de fornecer o agasalho, o Comando da GCM tem colocado o efetivo para fazer abordagem na operação Redenção debaixo de chuva e sem a capa de chuva, que também não é fornecida!

Alguém pode se enganar achando que a Prefeitura mais rica da América Latina não tem verba para comprar uniforme, mas tem sim! Só não tem interesse, é o que parece, pois, para dar aumento de 110% para os Policiais Militares da assessoria militar, o Governo Bruno Covas é muito rápido e empenhado.

Há pelo menos dois meses o Governo Bruno Covas vem afirmando que já estava licitando as peças de uniforme e que em breve seriam distribuídas, mas o fato é que até hoje os poucos policiais da GCM que receberam algum agasalho foi por doação de outros colegas que se solidarizaram.

Como a reunião de mesa de negociação não contou com a presença nem do Secretário Adjunto e nem com a presença do Comandante Geral da GCM, não há nenhuma resposta concreta sobre o reajuste do Piso Salarial e nem do RETP.

UMA COISA É CERTA, SR. PREFEITO BRUNO COVAS: O POLICIAL DA GCM NÃO ACEITARÁ O DESRESPEITO DE PRIORIZAR O SERVIDOR DE FORA E ESQUECER O SERVIDOR DA PMSP! ISSO É PROVOCAÇÃO!

Esperamos uma posição respeitosa da SMSU! Esperamos minimamente que seja agendada uma reunião extraordinária o mais breve possível, para trazer resposta à esta e outras demandas do efetivo da Guarda Civil Metropolitana, pois os representantes do Governo na Mesa de Negociação de hoje não tinham estas respostas.

É contigo, Sr. Secretário José Roberto, o efetivo da Guarda Civil Metropolitana espera RESPEITO! QUANDO CHEGAM AS BLUSAS DE FRIO? QUANDO SERÁ REAJUSTADO O SALÁRIO? JÁ ESTAMOS A UM ANO E MEIO DE GESTÃO E CONTINUAMOS NOS 0,01%! RETP JÁ!


IMAGEM: página do Facebook da Secretaria Municipal de Segurança Urbana

SINDGUARDAS-SP, HÁ 25 ANOS TRABALHANDO PARA VOCÊ!

Comentários

  • publicado em 09/08/2018
    por: Adriana

    Sem falar no superdaneo que colocaram na Teatro municipal, deixando os GCM a merces das intempéries, na qual o GCM tem que se virar pra na ficar encharcado e ainda não ser punido pelo Edital que só sabe cobrar os GCM e não o comando.

Mais Notícias

Onde Estamos
Rua Xavier de Toledo - 84 - 2º Andar - São Paulo | Telefones: 11 3231 - 0330 / 3231.4902 | Próximo ao metro Anhangabaú

Logo Infosind