Painel do Associado
Seja bem vindo ao
PAINEL DO ASSOCIADO


Voltar
RECUPERAÇÃO
DE SENHA

Atenção, enviamos o e-mail de recuperação de senha para:

Por favor, verifique seu e-mail para recuperar sua senha.

Notícias

publicado em 14/07/2021
MUITO ESTRANHO
MUITO ESTRANHO

Estranhamente a Secretária Elza Paulina publicou no Diário Oficial de hoje, 14/06, a portaria SMSU-GAB de 13 de julho de 2021.

Esta portaria institui um GT para realização de estudos que visam “promover melhorias” no Quadro Técnico dos Profissionais da Guarda Civil Metropolitana.
Nossa estranheza se dá em virtude do momento que vivemos, em pleno ataque aos servidores públicos proferidos pelo atual presidente da república a famigerada PEC 32.

Quais mudanças poderiam ser feitas para beneficiar os Policiais da GCM?

Garantir que haja ascensão na carreira?
Garantir reajuste salarial imediato?
Resolver definitivamente a questão do piso salarial?

Vejamos, ascensão: O atual plano já tem feito, só falta os alcaides cumprirem suas promessas de campanha e elevar o efetivo da instituição. Ainda que a promessa seja ínfima (2000 novos GCMs) para elevar o efetivo a patamares parecidos com as demais capitais, 1000 habitantes para 1 GCM, o que em nossa cidade significaria um efetivo de 12000 GCMs, frente aos menos de 6000 que temos hoje. Ou seja, necessitamos de um concurso para 6000 novas GCMs.

Garantir reajuste salarial? Nos parece a mais fácil das tarefas da prefeitura, é só repassar minimamente o índice inflacionário que ele mesma usa, o IPCA (2015=10,76%, 2016=06,29%, 2017=02.95%, 2018=03,75%, 2019=04,31%, 2020=04,39%) isso faria com que o congelado padrão inicial da carreira policial da GCM passasse dos vergonhosos 755 reais para algo em torno dos R$ 1.033,76.

Se a resposta à segunda pergunta já tivesse sido respondida ao logo do tempo, o problema que temos na terceira seria menor. O GCM no inicia de carreira ficaria menor tempo dentro da condição de receber abono suplementar.

Então, o que será que a Secretária Elza Paulina quer com essa, súbita, estranha e intempestiva portaria?

Será que lá na SMSU não se enxergam alguns problemas mais agudos pelos quais a instituição GCM e seus policias tem passado?

Como exemplo de tomadas de decisões que já poderiam ter sido feitas temos:

Retorno da atuação das Inspetorias às áreas das Subprefeituras;

Remanejamento de verbas do atual orçamento, para renovação do obsoleto armamento utilizado pelos policiais da GCM;

Solicitação ao atual prefeito, Ricardo Nunes, para elevação da DEAC, conforme lei aprovada na câmara e vetada pelo então Bruno Covas sob o pretexto de infringir a lei eleitoral;

Abertura imediata de concurso público;

Entre outras

Cara Secretária, dos antigos mandatários da SMSU nós esperávamos mazelas, contudo, a luta do SindGuardas-SP para remover da SMSU quem tanto mal fazia nunca será enfraquecida, e defenderemos os interesses dos policiais, independente de quem quer que seja que atente contra.

 

Comentários

Mais Notícias

Onde Estamos
Rua Xavier de Toledo - 84 - 2º Andar - São Paulo | Telefones: 11 3231 - 0330 / 3231.4902 | Próximo ao metro Anhangabaú

Logo Infosind
Carregando . . .